“Se alguém recompensa igualmente pessoas de resultados diferentes, estará sendo injusto com aquela pessoa que conseguiu um desempenho melhor e, o que é pior, com o tempo essas pessoas perceberão que seu esforço diferenciado de nada acrescentará na sua recompensa, causando um ambiente injusto e desfavorável ao crescimento profissional e organizacional.”

André Carneiro





Gestão Estratégica Programas de Remuneração Variável

O que é a Remuneração Variável?

Conjunto de diferentes formas de recompensas oferecidas aos empregados, complementando a remuneração fixa e atrelando fatores como atitudes, desempenho, metas, resultados e outros, fortalecendo o valor percebido em relação à remuneração total. É uma forma de vincular o desempenho e a recompensa para incentivar o indivíduo e a equipe a buscarem a melhoria contínua; partilhar os bons e maus resultados da empresa e transformar custo fixo em custo variável. Em um Programa de Remuneração Estratégica, a remuneração variável deve estar alinhada aos objetivos organizacionais.

Por que a Remuneração Variável é importante?

Ela é uma importante ferramenta para comprometer os colaboradores na busca dos resultados organizacionais e superação permanente, gerando benefícios significativos para o colaborador, que recebe por aquilo que produz e para a organização, na medida em que promove o aumento de produtividade e rentabilidade.

A remuneração variável estimula um maior vínculo entre a empresa e seus colaboradores, estimulando a convergência dos esforços para objetivos comuns, orientação para a estratégia da organização, melhoria do desempenho e a motivação dos indivíduos e contribuindo para o atingimento de resultados mais consistentes para a empresa. Ela é estruturada de forma a incentivar a superação dos colaboradores, valorizar e remunerar de acordo com os resultados e gerar lucratividade de forma sustentável para a organização.

Situações que demandam Remuneração Variável.

– Agressividade do mercado em virtude da escassez de talentos;
– Necessidade de reter talentos;
– Visão de futuro;
– Divergências na forma de enxergar o negócio da empresa;
– Alinhar a parte estratégica e operacional da empresa;
– Necessidade de motivar os colaboradores;
– Alavancar os resultados;
– Necessidade de remunerar de acordo com a produtividade;
– Necessidade de alinhar a remuneração aos objetivos organizacionais.


Veja mais serviços: