Nosso recado aos gestores

03 de abril de 2020

Geralmente, na nossa rotina de trabalho, o dia passa e não percebemos as horas. São tantos problemas e situações para resolver ou encaminhar que, muitas vezes, terminamos o dia com uma lista de pendências e prioridades agendadas para o dia seguinte. Fazer a gestão do nosso tempo tem sido um dos nossos maiores desafios, pois as atividades operativas nos absorvem de tal forma, que temos pouco tempo para pensarmos a nível de planejamento. Embora a prioridade do gestor seja o planejamento estratégico, no dia a dia de trabalho acabamos nos sobrecarregando com tarefas operacionais que, em teoria, podem ser delegadas.

Nos tornamos bons em solucionar problemas e dedicamos pouco tempo para pensar a estratégia do nosso negócio, formas de inovar ou nos reinventar. Dedicamos pouco tempo para estudar e dialogar com o nosso cliente a fim de entender o valor do nosso negócio para ele. O propósito e diferenciais de qualquer negócio, que no início são tão claros, com o passar do tempo vão ficando difusos. Possivelmente, você já deve ter enfrentado alguns momentos de crise e sabe que esses períodos vêm e vão, cada um com os seus desafios e dificuldades, mas somos fortes e sobrevivemos. Contudo, esta é a primeira vez que ao começamos a nos levantar e vislumbrar dias melhores, nos deparamos com um desafio para o qual não fomos preparados para enfrentar. Apresenta-se diante de nós uma situação completamente nova, tornando difícil compreender o que está ocorrendo.

            Pois bem, estamos em meio ao caos e entendemos o quão difícil pode ser vislumbrarmos o desfecho dessa situação. Sendo assim, considerando o cenário, temos algumas sugestões para você:

- Desacelere:

E se possível, pare por um tempo. No meio da loucura e no calor das emoções pode ser difícil avaliarmos a situação de forma sensata. Nesses momentos é comum agirmos instintivamente e, como consequência, acabarmos adotando uma estratégia velha em uma situação nova, sendo pouco eficiente.

- Pense sobre seu negócio:

Aproveite a quarentena e o isolamento social para dedicar-se a pensar no seu negócio e planejar a sua estratégia de posicionamento no mercado.

- Converse com seu cliente:

Dialogue com o seu cliente (pode ser por telefone, vídeo conferência, WhatsApp). Descubra com o seu cliente qual é o valor/diferencial que você entrega para ele.

- Construa um espaço de segurança e estabilidade com sua equipe:

Dê pontos de estabilidade para a sua equipe. As incertezas e desafios do momento geram muita instabilidade, angústia e estresse. Neste momento, a equipe precisa de referenciais de segurança, liderança e estabilidade. Sendo assim, por mais que não tenhamos todas as respostas, podemos estabelecer um diálogo sincero com nossas equipes e, naquilo que for possível, construir espaços de segurança e estabilidade.

- Pense no futuro:

Embora não saibamos quanto tempo vai durar o isolamento social, quando ele acabar as atividades aos poucos serão retomadas. Dessa forma, é importante ter presente que vamos retomar, mas não de onde paramos. O mundo, as pessoas e os negócios vão mudar significativamente depois de tudo que estamos vivendo, portanto, quando retomarmos as nossas atividades, vamos nos deparar com um cenário diferente do qual deixamos em março. Será um território novo e desconhecido que exigirá nos reinventarmos.

- Busque novas referências:

Busque fontes alternativas de conhecimento, estimule a sua criatividade, seja através de livros, filmes, séries, documentários, textos, entrevistas, etc. Busque novos referenciais, pois eles te ajudarão a construir novas possibilidades e estratégias para o seu negócio.

- Cuide de você:

 Invista um tempo para fazer coisas que te fazem bem. Tire um tempo para “perder tempo”. Permita-se não ser produtivo em todos os momentos.

Gostaria de conversar com um dos nossos consultores ou especialistas?

Entramos em contato com você, basta deixar uma mensagem ou informar seu telefone!